Parte I - Psicose 4​:​48

from by Escalier

/

lyrics

Ele se levanta na escuridão
Como o quarto está sombrio
Esta manhã

Eu estou triste. Eu sinto que o futuro é sem esperança e que as coisas não podem melhorar. Eu estou cheio e insatisfeito com tudo. Eu sou um completo fracasso como pessoa. Eu sou culpado, estou sendo punido. Eu gostaria de me matar. Eu costumo conseguir chorar mas agora estou além das lágrimas. Eu perdi o interesse em outras pessoas. Eu não consigo tomar decisões. Eu não consigo comer. Eu não consigo dormir. Eu não consigo pensar. Eu não consigo ir além da minha solidão, do meu medo, do meu desgosto. Eu não consigo escrever. Eu não consigo amar. Meu irmão está morrendo, meu amor está morrendo, estou matando os dois. Eu avanço em direção à minha morte. Eu estou aterrorizado com a medicação. Eu não consigo fazer amor. Eu não consigo foder. Eu não consigo ficar sozinho Eu não consigo ficar com outras pessoas.

Às 4.48 quando o desespero visita eu deverei me enforcar ao som da respiração de meu amante. Eu não quero morrer. Eu me tornei tão deprimido pelo fato da minha mortalidade que eu decidi cometer suicídio. Eu não quero viver. Eu tenho ciúmes de meu amor adormecido e cobiço sua inconsciência induzida. Quando ele acordar vai ter inveja da minha noite sem dormir de pensamentos e discursos sem atrativos por causa dos medicamentos. Resignei-me a morrer este ano. Alguns vão chamar isso de auto-compaixão (eles têm sorte de não saber a verdade). Alguns vão saber o simples fato da dor Isso está se tornando minha normalidade. Mais um dia igual que nasce e morre em mim.
seu herói já se foi...seu herói já se foi...seu herói já se foi...seu herói já se foi...eu herói já se foi...seu herói já se foi...seu herói já se foi...seu herói já se foi...eu herói já se foi...seu herói já se foi...seu herói já se foi...seu herói já se foi...eu herói já se foi...seu herói já se foi...seu herói já se foi...seu herói já se foi...

Sempre abro a porta e saio. PARA QUE?

No edifício é cedo
Ele põe o seu casaco
Em seguida ele sai

Ainda está escuro
Ele desce a rua
Ele se vai

credits

from Quando os Ombros não Suportam Mais o Mundo, released October 16, 2015

tags

license

about

Escalier Belo Horizonte, Brazil

Sons, imagens, ruídos, palavras e corpos.

contact / help

Contact Escalier

Streaming and
Download help

Redeem code